Vitrine: saiba como montar e causar impacto positivo nas vendas

Nós somos seres visuais e não há como negar, sempre optamos por algo que agrada mais aos olhos e a vitrine de uma loja funciona como um chamado, muitas das vezes, irresistível. Uma vitrine bem elaborada é um caminho para o sucesso.

Isso não é mais segredo. As vitrines já são tidas como a isca fundamental para captar clientes, tanto que os shoppings, por exemplo, são projetados com um objetivo claro: manter os clientes o mais próximo possível das vitrines das lojas fazendo com que se sintam impulsionados a consumir.

É nítido o quanto é importante explorar a vitrine além do tradicional e utilizá-la não apenas como espaço de exposição de mercadorias e peças gráficas. Transmitir a mensagem que a sua marca deseja exige criatividade nessa interação visual que, como vimos, é capaz de induzir o cliente ao consumo.

Portanto, para que o desejo de consumo se transforme em venda graças à sua vitrine, é preciso pensar em um espaço chamativo e interessante. Além de projetar a exigência do consumidor, é necessário ter em mente que outros lojistas também conhecem a influência desse espaço sobre os consumidores.

Conheça e explore o seu público ao montar uma vitrine

Antes de colocar a mão na massa é preciso planejar e, para isso, conhecer o seu público é fundamental. Responder algumas questões é um passo importante antes de montar a vitrine da sua loja. Qual consumidor a sua loja quer atingir? O que esse consumidor está procurando? Qual a sua linguagem? Quais as preferências dessas pessoas? O que o impacta?

Além de traçar o perfil do seu cliente, é imprescindível estar atento às tendências do mercado, identificando quais delas atendem ao interesse do seu cliente e aquelas que podem despertar uma nova intenção nesses consumidores.

A iluminação é forte aliada para montar uma vitrine esplêndida

A luz é capaz de provocar muitas emoções, sentimentos e sensações e em uma vitrine não é diferente. Calma, tranquilidade, acolhimento, vibração, alegria. O tom, o estilo e a força da luz são capazes de agir de maneira muito direta sobre quem passa pela vitrine. Apostar em uma boa iluminação é dar um passo a mais nesse jogo de conquista. As luzes amarelas conferem um ar mais intimista e aconchegante. As brancas mais potentes são mais vibrantes e dão um ar mais alegre e movimentado. Já as mais claras proporcionam uma sensação de relaxamento.

Além disso, a direção e o foco também interferem na disposição das peças e nas sensações que a vitrine e os produtos podem provocar nos clientes.

Rotatividade e novidades sempre!

A correria do dia a dia não pode servir de desculpa para abandonar a vitrine. Deixar os mesmos produtos expostos por muito tempo passa a sensação de que não há novidades. E não é essa imagem que você quer passar para os consumidores, certo?

Além disso, outra impressão que uma vitrine deixada de lado passa é de que a loja não possui um bom volume de vendas. Não há necessidade de trocar toda a decoração e iluminação, mas os produtos devem ter uma rotatividade periódica.

Equilíbrio é essencial

Possivelmente você já deve ter ouvido a frase, muito famosa no mundo da moda, “menos é mais”. Ela vale, em partes, para sua vitrine, mas esse menos também precisa estar em equilíbrio. A quantidade e a organização de itens da sua vitrine precisa ser um ponto muito importante e levado a sério no momento de criá-la.

O espaço não pode estar muito cheio, dando a sensação de que está bagunçado e desleixado. Dessa maneira, o cliente pensará que a loja está desesperada em vender, sem se importar com a experiência que oferece. Por outro lado, também não pode estar demasiadamente vazia, porque pode dar a impressão de que a loja não tem variedade e também não possui um estoque capaz de atender a demanda.

Aposte em vitrines temáticas e comemorativas

Apostar em vitrines temáticas pode ser uma ótima saída para tornar a sua vitrine atraente e, de quebra, se diferenciar das demais. Mas, como dissemos, evite os exageros. Usar da criatividade e criar temas interessantes é um diferencial, mas o destaque precisa ser o seu produto e não a decoração.

Essas ideias inovadoras podem ser muito bem aproveitadas em datas comemorativas. Obviamente nenhum comerciante pode perder períodos sazonais de vista. Natal, Dia das Mães, Dia dos Namorados e Black Friday, por exemplo, são sempre ótimas oportunidades para atrair consumidores, proporcionando uma experiência diferenciada.

O fluxo de vendas aumenta significativamente nestas datas, portanto, planeje com calma uma vitrine que se destaque entre as demais. Além das datas já tradicionais do calendário de vendas, esteja atento também a eventos pontuais. Por exemplo: se você tem uma loja de artigos esportivos, a Copa do Mundo ou as Olimpíadas são épocas e tanto para criar ações únicas em sua vitrine.

Relacionar os produtos na vitrine é um grande atrativo

Ao pensar a sua vitrine, visualize como esses produtos podem se relacionar. Essa é uma estratégia fundamental para aumentar a conversão de vendas, porque lembra ao cliente da utilidade de um produto que, muitas vezes, sequer está na sua lista de compras.

E aí, gostou das dicas?Fique por dentro das novidades da MostraMóveis em nossas redes, estamos no Facebook, Linkedin e Instagram.

Credencie-se e faça parte da feira de móveis mais dinâmica da região.

 

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *